Publicidade

Correio Braziliense

Polícia reforça segurança nos arredores de prédio onde Lula está preso

Confusão em protesto deixou ao menos oito feridos


postado em 08/04/2018 13:45 / atualizado em 08/04/2018 14:08

(foto: Leonardo Cavalcanti/CB/DA Press)
(foto: Leonardo Cavalcanti/CB/DA Press)

Curitiba - Depois da ação da Polícia Federal noite de sábado, deixando pelo menos oito feridos, camburões isolam as ruas principais de acesso ao prédio da corporação, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso.

A Policia Militar, amparada em decisão judicial, fechou três vias. Duas delas reservadas aos manifestantes contra e a favor de Lula, que está isolado no quarto e último andar do prédio da PF.

Às 22h20, no momento em que o helicóptero que trazia o ex-presidente taxiava para pousar no alto do prédio da PF, começou uma confusão e pelo menos quatro bombas de gás lacrimogênio para dispensar a multidão.

(foto: Leonardo Cavalcanti/CB/DA Press)
(foto: Leonardo Cavalcanti/CB/DA Press)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade