Publicidade

Correio Braziliense

Ex-ministro Aldo Rebelo será candidato à Presidência pelo Solidariedade

Ele anunciou a saída do PSB por discordar da entrada no partido do ex-presidente do STF Joaquim Barbosa, possível candidato ao Planalto da sigla


postado em 13/04/2018 07:25

Militante histórico do PCdoB, Rebelo deixou a sigla no ano passado(foto: Breno Fortes/CB/D. A.)
Militante histórico do PCdoB, Rebelo deixou a sigla no ano passado (foto: Breno Fortes/CB/D. A.)
 
O ex-ministro Aldo Rebelo será candidato à Presidência da República pelo Solidariedade. Ele anunciou a saída do PSB por discordar da entrada no partido do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, possível candidato ao Planalto da sigla. "Aceitei o convite para ser candidato a presidente pelo Solidariedade", disse Rebelo na madrugada desta sexta-feira (13/4). 

Militante histórico do PCdoB, Rebelo deixou a sigla no ano passado. Como aliado dos governos petistas, foi presidente da Câmara (2005 a 2007) e ministro de Relações Institucionais (2004 a 2005), dos Esportes (2011 a 2015) e da Ciência e Tecnologia (2015). 

Procurado, o Solidariedade não se pronunciou sobre o lançamento da candidatura própria. Antes de fechar com Rebelo, o partido negociava alianças com o PSDB de Geraldo Alckmin e o DEM de Rodrigo Maia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade