Publicidade

Correio Braziliense

Jungmann sugere que intervenção no Rio seja prorrogada por mais um ano

O decreto legislativo aprovado pelo Congresso Nacional autorizou a União a intervir no Rio de Janeiro na área da segurança até o dia 31 de dezembro deste ano


postado em 15/06/2018 18:47

(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)

 
O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, sugeriu nesta sexta-feira (15/6) que a intervenção federal no Rio de Janeiro seja prorrogada por mais um ano, até o fim de 2019. O decreto legislativo aprovado pelo Congresso Nacional autorizou a União a intervir no Rio de Janeiro na área da segurança até o dia 31 de dezembro deste ano. 

Segundo ele, é importante que o futuro governador e o próximo presidente da República avaliem a manutenção das forças federais no comando da segurança. "Dado o avanço que vai acontecer, eu acredito que o futuro governante do Rio de Janeiro agiria de bom senso se dispuser-se a prolongar pelo menos por mais um ano esta intervenção. Porque é o tempo necessário para que a gente possa concluir o legado. Se nós tivermos mais tempo, melhores resultados virão", disse Jungmann. 

Ele participou nesta sexta, no Comando de Operações Navais, de palestra sobre o Sistema de Gerenciamento da Amazônia Azul, que inclui toda a costa marítima brasileira e também a Baía de Guanabara.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade