Publicidade

Correio Braziliense

Juiz do RN concede liberdade ao ex-ministro Henrique Eduardo Alves

Henrique Alves estava preso na Academia de Polícia Militar (Acadepol) desde o dia 6 de junho de 2017


postado em 13/07/2018 11:16

(foto: Magnus Nascimento/Tribuna do Norte)
(foto: Magnus Nascimento/Tribuna do Norte)
O juiz Francisco Farias, da 14° Vara Federal de Natal, revogou a prisão domiciliar do ex-ministro Henrique Eduardo Alves. 

O magistrado atendeu um pedido da defesa, que solicitou que um habeas corpus concedido ao ex-deputado Eduardo Cunha também valesse pra ele. A liberdade de Cunha foi autorizada pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF. 

O ex-deputado segue preso em decorrência de outros processos que responde na Justiça. De acordo com o advogado Marcelo Leal, que defende Henrique Alves, o processo está na fase final. "Hoje acontecerá o último ato de instrução do processo com o interrogatório de Eduardo Cunha. Após a oitiva de quase uma centena de testemunhas, com todas as provas favoráveis à defesa, o processo caminha a passos largos para a absolvição de Henrique", afirmou o defensor.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade