Publicidade

Correio Braziliense

Boulos: Bolsonaro é quem 'deveria estar preso'

Pré-candidato do PSL, Bolsonaro defendeu policiais presos pela morte de trabalhadores rurais em 1996


postado em 14/07/2018 17:20

(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
 
O pré-candidato à Presidência da República pelo PSOL, Guilherme Boulos, afirmou, na sua conta oficial no Twitter, que o também presidenciável e deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) deveria estar preso por apologia à violência depois da defesa a policiais presos pela morte de trabalhadores rurais sem-terra em Eldorado dos Carajás (PA), em abril de 1996.

"Preso deveria estar Bolsonaro por apologia à violência, em declarações como essa e outras. Irresponsável e criminoso", disse Boulos, que foi líder do Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST). 

No local onde os sem-terra foram mortos, Bolsonaro disse que quem tinha que estar preso era "o pessoal do MST, gente canalha e vagabunda" e completou que os policiais "reagiram para não morrer".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade