Publicidade

Correio Braziliense

Celso de Mello assume a presidência do STF nesta terça-feira

Cármen Lúcia assume a Presidência da República, por conta da viagem do presidente Michel Temer


postado em 16/07/2018 18:18

(foto: Carlos Moura/SCO/STF)
(foto: Carlos Moura/SCO/STF)
Com a viagem do presidente Michel Temer para Cabo Verde, na África, onde participa da XII Cúpula de Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, assume a Presidência da República.

Ela decidiu que não vai acumular os dois cargos, presidente do STF e da República, enquanto Temer estiver fora do país. Com isso, quem assume o comando do Supremo é o ministro Celso de Mello. Pela ordem, quem deveria assumir o cargo mais elevado da Corte deveria ser o ministro Dias Toffoli. No entanto, a assessoria de comunicação social do Tribunal informou que Toffoli está de férias, no exterior.

O presidente do Senado, Eunício de Oliveira, e da Câmara, Rodrigo Maia, que estão na linha sucessória da Presidência, não podem ocupar o cargo de chefe de Estado, pois caso façam isso, ficam impedidos de concorrer nas eleições deste ano. 

Temer fica no evento até quarta-feira (18) e em seguida deve retornar ao país. Cármen Lúcia assume o Planalto quando ele já estiver no ar e o avião cruzar a fronteira aérea do Brasil. Essa é a terceira vez que a ministra substitui Temer neste ano. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade