Publicidade

Correio Braziliense

Toffoli autoriza Cristiane Brasil a participar de convenção do PTB

A deputada já havia obtido do STF para participar de outra reunião do partido na semana passada


postado em 25/07/2018 19:52

(foto: Luis Macedo/Camara dos Deputados)
(foto: Luis Macedo/Camara dos Deputados)
 
O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, autorizou hoje (25/7) a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) a participar da convenção nacional do partido, que será realizada no próximo sábado (28/7), em Brasília.

A autorização foi solicitada pela parlamentar em função das cautelares que foram determinadas contra ela pelo ministro Edson Fachin, relator das investigações sobre suspeitas de irregularidades no Ministério do Trabalho. No mês passado, o ministro proibiu a deputada de manter contato com outros investigados ou servidores da pasta.

Pela decisão do ministro, a parlamentar deve permanecer na convenção somente durante o período da reunião, mas não poderá manter conversas com investigados no mesmo processo, que também participar da reunião. Ela deverá ainda enviar um relatório ao STF para justificar a participação na reunião partidária.  

Na semana passada, a deputada também precisou de autorização do Supremo para ir a outra reunião do partido. 

No mês passado, por ordem de Fachin, o gabinete da deputada foi alvo de busca a apreensão realizada pela Polícia Federal (PF), que investiga se Cristine Brasil tem participação na organização criminosa que atua na concessão fraudulenta de registros sindicais no Ministério do Trabalho. Também foi feita busca e apreensão no Rio de Janeiro, onde a deputada mora.

Após as buscas, a assessoria de Cristiane Brasil disse que a deputada foi surpreendida pela operação e que espera que os fatos sejam esclarecidos em breve. Segundo o texto, a deputada não tem papel nas decisões tomadas pelo Ministério do Trabalho. “Espero que as questões sejam esclarecidas com brevidade, e meu nome, limpo”, diz Cristiane Brasil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade