Publicidade

Correio Braziliense

Adesivos e panfletos de pré-candidatos são apreendidos no evento Lula Livre

Festival ato ocorre na Lapa, no Rio de Janeiro


postado em 28/07/2018 22:09

Um grupo uniformizado com coletes de identificação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) apreendeu material de divulgação de políticos durante ato de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na Operação Lava Jato. A equipe chegou ao Festival Lula Livre, no bairro da Lapa, na região central do Rio de Janeiro, na tarde deste sábado, recolheu adesivos e panfletos, como mostram imagens divulgadas nas redes sociais. Alguns deles ainda filmaram o local em seus celulares e deixaram o local sob protesto do público do evento.

Os vídeos mostram também a indignação do público com o recolhimento do material de divulgação de políticos. No momento em que a ação ocorreu, os shows ainda não tinham começado e o número de pessoas presentes à Lapa ainda era pequeno. Em uma das imagens divulgadas no Facebook, um manifestante pede a identificação dos homens uniformizados, mas não recebe uma resposta. Procurada, a assessoria de imprensa do TRE não respondeu para confirmar a ação durante o evento e a justificativa do recolhimento dos adesivos e panfletos.

O show ato acontece desde as 17h, nos Arcos da Lapa, um dos pontos turísticos da cidade. Centenas de pessoas aguardam a chegada dos cantores Chico Buarque e Gilberto Gil. Ao todo, 42 músicos e bandas vão passar pelo palco. Na plateia, está a presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), ao lado do senador fluminense Lindbergh Farias e da pré-candidata ao governo do Rio pelo partido, Marcia Tiburi.

Mais cedo, no início da tarde, a atriz Lucélia Santos fez um discurso em defesa da liberação de Lula e também da sua participação nas eleições presidenciais deste ano. Segundo a atriz, o evento é "um gesto de exigência para que se respeite a Justiça, pilar de qualquer sistema minimamente democrático".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade