Publicidade

Correio Braziliense

DEM oficializa apoio à candidatura de Alckmin ao Palácio do Planalto

O presidente do DEM, Antônio Carlos Magalhães Neto (BA), adiantou que a escolha do candidato a vice que fará parte da chapa de Alckmin pode ser definida ainda hoje


postado em 02/08/2018 11:48

Vice de Geraldo Alckmin ainda não foi definido(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Vice de Geraldo Alckmin ainda não foi definido (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
 
Por aclamação, o Democratas aprovou o apoio à candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB-SP) a presidência da República em convenção realizada hoje em Brasília. O presidente do DEM, Antônio Carlos Magalhães Neto (BA), adiantou que a escolha do candidato a vice que fará parte da chapa de Alckmin pode ser definido ainda hoje. 

ACM Neto afirmou ainda que o vice será um nome de consenso, escolhido entre os integrantes do Centrão (também formado por PP, PRB, PTB e Solidariedade). O prefeito de Salvador ganhou a missão de negociar diretamente com o presidenciável a escolha do vice na chapa eleitoral. 

Os três nomes que mais ganham força para o posto são da senadora Ana Amélia (PP-RS), Magarete Coelho (PP/PI) e do ex-ministro Aldo Rebelo (SD-SP). O presidente do DEM disse que o nome do presidente Rodrigo Maia não está nas discussões. “As conversas continuam. O nome do presidente Rodrigo Maia não é uma hipotese cogitada dentre aquelas que estão sendo avaliadas. A prioridade dele é a reeleição para a Câmara dos Deputados ”, disse. 

Neto também descartou a possibilidade de que o vice de Alckmin seja o pré-candidato Álvaro Dias (Podemos). “Não há nenhuma hipótese de o vice do Geraldo Alckmin ser o pré-candidato Álvaro Dias”, comentou ACM Neto.

Na chegada à convenção, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que houve um consenso em relação ao nome do vice-presidente na chapa do pré-candidato Geraldo Alckmin (PSDB). “Chegamos a um consenso para vice”, afirmou. Entretanto, o parlamentar não revelou o nome do escolhido. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade