Publicidade

Correio Braziliense

Tucanos mostram confiança em chegar ao segundo turno e ganhar as eleições

A aliança montada possibilitará que Geraldo Alckmin tenha 45% do tempo previsto no horário eleitoral


postado em 04/08/2018 11:06

(foto: Divulgação/PSDB)
(foto: Divulgação/PSDB)
 
Os tucanos estão confiantes em chegar ao segundo turno. Na convenção nacional do PSDB, o primeiro vice-presidente do partido e coordenador político da campanha de Geraldo Alckmin, Marconi Perillo, declarou que a legenda estará na etapa final das eleições e sairá vencedora. 

A expectativa de Perillo se ancora na forte coligação que os tucanos montaram. Além do centrão, bloco formado por PP, DEM, PR, PRB e Solidariedade, PSD, PTB e PPS vão apoiar a candidatura de Alckmin. Somadas as oito legendas ao PSDB, a coalizão tucana conta com nove partidos. A maior destas eleições. 

A aliança montada possibilitará que Alckmin tenha 45% do tempo previsto no horário eleitoral. “Teremos nove inserções diárias. Geral terá condições e tempo suficiente para mostrar o preparo para governar o Brasil. Mostrar suas propostas para tirar o país da crise e fazer esta transição de um país de crise para um país de desenvolvimento”, destacou Perillo.

O presidenciável, por sinal, está na convenção do PR. Depois, ele irá à convenção do PPS. Após isso, chegará à convenção do PSDB. “Geraldo está preparado para governar o Brasil e, por isso, estamos muito entusiasmados e cheios de energia. Especialmente agora, com nossa futura vice-presidente”, disse Perillo. A senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) aceitou o convite e ocupará o cargo na chapa. 

A presença de Ana Amélia abre espaço para mulheres na política, ponderou o vice-presidente do PSDB. “Mulheres de valor, fibra, competência, ética. Geraldo e Ana Amélia vão mudar o Brasil para melhor. E esta convenção é o começo disso tudo. O Brasil mudou com FHC e O PSDB. Vamos, agora, dar uma nova guinada”, disse Perillo.

O presidente do PSDB no DF, Izalci Lucas, qualifica Alckmin como o candidato mais preparado para governar o Brasil. “Governou São Paulo por quatro vezes e teve a competência de juntar as grandes forças deste país. Tenho certeza que, com seriedade e competência de Geraldo, vamos superar esta crise que passa de 13 anos que vivemos”, declarou. 
 

Convenção

A convenção nacional do PSDB começou por volta das 9h30 deste sábado (4/8). O evento que vai confirmar Geraldo Alckmin como candidato do partido na disputa pela Presidência da República foi aberto oficialmente pelo primeiro vice-presidente da legenda e coordenador político da campanha, Marconi Perillo. 

O evento tem previsão de acabar às 14h. O presidenciável deve chegar apenas por volta das 12h. Antes, ele irá nas convenções nacionais do PPS e do PR, que vão declarar apoio à candidatura tucana. Alckmin irá assinar um termo de compromisso com as legendas e, após isso, chegará à convenção do PSDB somente mais tarde.

Militantes tucanos entraram na convenção aos cantos de “eu ‘tô’ com Geraldo, sou brasileiro, Geraldo vou”. São, em maioria, mulheres do PSDB Mulher. Perillo abriu as inscrições para que oradores discursem no palanque. A previsão é de que diversos líderes tucanos façam uso da palavra.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso será um dos presentes na convenção. O senador Antônio Anastasia (MG), candidato ao governo de Minas Gerais, é outro que subirá no palco. Líderes do partido na Câmara e no Senado também devem marcar presença. 

As ações de marketing estão dando as caras. O centrão -- bloco formado por PP, DEM, PR, PRB e Solidariedade -- alertou para a importância de mudar a imagem de Alckmin, considerado paulista e tucano demais. Na convenção, vídeos publicitários mostram jovens negros e brancos ressaltando a importância de apoiar o presidenciável para impulsionar o crescimento do país. 

“É hora de decidir”, iniciou um jovem em um vídeo. “Não vai ter salvador da pátria, nem milagreiro que vai mudar o Brasil sozinho. Por isso, eu apoio Geraldo Alckmin”, declarou outro. “Se você não escolhe, ninguém escolhe por você. É por isso que estamos engajados nesta causa”, destacou outro.

Outro vídeo institucional do PSDB enfatiza as eleições deste ano como a mais importante. “Quer um país com mais emprego, saúde, educação, segurança, onde tenha orgulho de morar? Um país para ficar e não ir embora? Chegou o momento. Escolha o futuro melhor para o Brasil”, ressaltou o partido, em mensagem.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade