Publicidade

Correio Braziliense

Impasse persiste e situação do PSB em Minas Gerais continua sem solução

A ideia da executiva nacional é demover de Lacerda a ideia de disputar o governo mineiro


postado em 05/08/2018 13:16

(foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)
(foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)
 
Continua o impasse sobre a situação do PSB em Minas Gerais. O candidato do partido ao governo, Márcio Lacerda, sustentou neste domingo (5/8), na convenção nacional do partido, manter a candidatura. A vontade, no entanto, contraria a decisão da executiva nacional. O presidente da legenda, Carlos Siqueira, fechou apoio com o PT nos estados. A aliança estadual prevê, no entanto, a desistência da candidatura pessebista em MG. 

Para solucionar o impasse, Siqueira se reunirá com Lacerda para chegar a um consenso. Na convenção, foi votado e decidido que a executiva nacional avoca para si a decisão final sobre Minas Gerais no tocante à eleição e coligação majoritária e proporcional com o PT. 

A reunião se inicia às 14h30 e terá um desfecho ainda hoje, data final para as convenções coletivas. A ideia da executiva nacional é demover de Lacerda a ideia de disputar o governo mineiro. Ele recorreu à Justiça eleitoral e, se nada for decidido, até outros candidatos a cargos eletivos em Minas Gerais podem ficar sem disputar as eleições caso a judicialização persista e não cheguem a um acordo.

O diretório nacional se mantém irredutível em negar a candidatura de Lacerda. O PSB vai oferecer a ele a oportunidade de concorrer a uma vaga de senador. “Queremos encontrar uma solução para que o partido não seja prejudicado e todos nós tenhamos uma grande vitória nas eleições”, destacou Siqueira. O ex-prefeito de Belo Horizonte, entretanto, ainda mostra resistência em aceitar a disputa de outro cargo eletivo. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade