Publicidade

Correio Braziliense

Sem Túlio Gadêlha de vice, Maurício Rands vai concorrer ao governo de PE

Cotado para ser vice na chapa, Gadêlha deve, agora, concorrer a uma vaga de deputado federal


postado em 05/08/2018 21:41 / atualizado em 05/08/2018 21:52

(foto: José Varella/CB/D.A Press)
(foto: José Varella/CB/D.A Press)
 
No último dia do prazo de convenções, os diretórios estaduais do PROS, Avante e PDT em Pernambuco decidiram compor uma nova chapa majoritária na tentativa de formar uma terceira via na disputa estadual. 
 
O candidato a governador será o advogado e secretário da Organização dos Estados Americanos (OEA), Maurício Rands (PROS). Na vice, Isabella de Roldão (PDT), que já foi vereadora do Recife.  
 
A chapa para o Senado será composta por Jaime Asfora (PROS) e Silvio Costa (Avante). A princípio, cogitava-se nos bastidores a participação também da Rede, mas o partido pretende manter a candidatura de Júlio Lóssio a governador. 
 
Segundo a Agência Estado, a vereadora do Recife, Marília Arraes (PT), que teve a candidatura retirada pelo partido, daria apoio ao bloco. A reportagem não conseguiu falar com a vereadora.  

Cotado para ser vice na chapa, Túlio Gadêlha, que, agora, deve concorrer a deputado federal pelo PDT, disse pela manhã que, com a saída de Marília da disputa pelo governo, "se faz necessário a criação de um grupo no campo da centro-esquerda" para tentar romper a polarização entre Paulo Câmara (PSB), que tenta a reeleição, e Armando Monteiro Neto (PTB).    

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade