Publicidade

Correio Braziliense

Partido Novo reprova publicações de candidato a deputado federal no Twitter

Salles teria escolhido seu número nas urnas (3006) em "homenagem" a um tipo de munição


postado em 16/08/2018 16:34 / atualizado em 16/08/2018 16:50

(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)

O candidato a deputado federal Ricardo Salles, pelo Partido Novo em São Paulo, tem usado as redes sociais para difundir mensagens que incitam a violência. Em resposta, o partido fez, no Twitter, um post alertando que "não compactua com qualquer insinuação ou apologia à violência, de qualquer tipo, contra quem quer que seja". Além disso, o comunicado alega que a legenda já teria orientado o candidato e que não aprova a mensagem difundida por ele.


Salles teria escolhido seu número nas urnas (3006) em alusão a um tipo de munição. Em imagens divulgadas nas redes sociais, o ex-assessor do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) associa o uso da munição ao combate de "praga do javali", "contra a esquerda e o MST". Além disso, deixa claro seus posicionamentos "contra roubo de trator, gado, instrumentos" e "contra a bandidagem no campo".

Mesmo após a repercussão da imagem, o deputado continuou defendendo a posição, por meio da rede social.



Aos 42 anos, Salles é advogado e já foi Secretário de Estado do Meio Ambiente de São Paulo, além de secretário particular do governador do Estado. O candidato foi procurado pelo Correio, mas, até a última atualiação desta reportagem, ninguém havia, sequer, atendido as ligações. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade