Publicidade

Correio Braziliense

Marina defende reforma política com mandato de 5 anos e limite à reeleição

De acordo com a ex-ministra do Meio Ambiente, caso sua proposta de reforma política já tivesse sido implementada, ela permitiria uma renovação de até 70% do parlamento


postado em 04/09/2018 10:43 / atualizado em 04/09/2018 12:13

Sobre a formação de alianças e a indicação de cargos, Marina reforçou que seu governo se pautará por critérios objetivos(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Sobre a formação de alianças e a indicação de cargos, Marina reforçou que seu governo se pautará por critérios objetivos (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
 

 

A candidata da Rede Sustentabilidade à Presidência da República, Marina Silva, defendeu nesta terça-feira (4/9), em sabatina promovida por SBT, Folha de S.Paulo e UOL, uma reforma política que permita uma maior renovação de senadores e deputados no Congresso Nacional.

De acordo com a ex-ministra do Meio Ambiente, caso sua proposta de reforma política já tivesse sido implementada, ela permitiria uma renovação de até 70% do parlamento. "Defendo apenas dois mandatos de cinco anos para o Legislativo e um para o Executivo", declarou.

Pela proposta, a reeleição ao Executivo também seria extinta a partir de 2022.

Sobre a formação de alianças e a indicação de cargos, Marina reforçou que seu governo se pautará por critérios objetivos. "Teremos um critério claro, com idoneidade ética, capacidade técnica e condições de liderar a pasta. Quando se orienta por princípios e valores, fica fácil dialogar com quem quer que seja. Vou exercitar isso no governo", explicou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade