Publicidade

Correio Braziliense

Ministério da Agricultura flagra funcionários batendo ponto e indo embora

Após receber denúncias, a pasta cruzou dados dos registros de ponto e das catracas de saída das dependências do órgão


postado em 20/09/2018 10:12

Todos os 40 funcionários são alvos de processos administrativos e podem ser demitidos do serviço público(foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
Todos os 40 funcionários são alvos de processos administrativos e podem ser demitidos do serviço público (foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)

Ao adotar um programa de compliance (combate a fraudes), o Ministério da Agricultura flagrou 40 servidores que chegavam no trabalho, batiam o ponto e iam embora, sem cumprir a carga horária estabelecida. 

A pasta recebeu algumas denúncias e resolveu cruzar os dados das catracas e folhas de ponto. Os dados revelaram que os envolvidos cruzavam as catracas de saída do prédio minutos após baterem o ponto e não retornavam mais ao local de trabalho.

O programa para identificar áreas vulneráveis à corrupção foi adotado após a Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que identificou um esquema de fraude na fiscalização de frigoríficos e a venda de carne estragada por algumas empresas.

Todos os 40 funcionários são alvos de processos administrativos e podem ser demitidos do serviço público. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade