Publicidade

Correio Braziliense

Manifestantes contra Bolsonaro tomam Eixo Monumental

Faixas e cartazes com a frase #ELENÃO marcam o protesto, que teve início por volta das 15h


postado em 29/09/2018 15:21 / atualizado em 29/09/2018 15:59

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

 
A concentração da manifestação das Mulheres Contra Bolsonaro em Brasília começou agitada na tarde deste sábado (29/9). Faixas e cartazes com a frase #ELENÃO marcam o protesto, que teve início por volta das 15h. A marcha é uma crítica às falas do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL), consideradas machistas. O cortejo tem início na Rodoviária do Plano Piloto e deve ser encerrado na Torre de TV. 
  
Algumas mulheres e homens carregam bandeiras e ostentam adesivos de partidos políticos. As campanhas de Fernando Haddad (PT), Guilherme Boulos (PSol),  Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) são algumas candidaturas destacadas pelos manifestantes. Segundo os organizadores, a estimativa é de 10 mil pessoas até o momento. A Polícia Militar estima 1 mil. 
  
O Movimento Sem Terra e a Juventude Socialista são alguns dos movimentos que também marcam presença no ato. O canto " A nossa luta é todo dia contra o machismo, racismo e homofobia", é entoado durante a caminhada. 
 
A candidata a deputada federal Elcimara (PSTU), também presente, criticou Bolsonaro. Disse ser contrária ao candidato do PSL por ele ser machista, racista e LTBTfóbico. "Vamos derrotar ele nas ruas, revogar a reforma trabalhista e derrubar a reforma da Previdência". 
 
Durante o ato, os manifestantes também fizeram uma releitura da música Ela é Top, do MC Bola: "Ele é fascista. Ele é machista. Ele mente, ele é racista. É sem controle, não sabe dialogar. Com discurso limitado não serve nem para governar". 
 
Confira abaixo fotos do ato:  
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade