Publicidade

Correio Braziliense

No MS, Polícia Federal prende professor por compra de votos

Segundo a PF, foram apreendidos com o professor R$ 800, material de campanha e lista de eleitores que já haviam recebido valores pela adesivagem e compromisso de voto


postado em 04/10/2018 08:51 / atualizado em 04/10/2018 10:49

A Polícia Federal (PF) prendeu um professor em flagrante por compra de votos em Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (3/10). Segundo a PF, foram apreendidos com o professor R$ 800, material de campanha e lista de eleitores que já haviam recebido valores pela adesivagem e compromisso de voto.

A prisão ocorreu após o professor efetuar pagamento a eleitores para adesivar carros. Além dos adesivos, os eleitores recebiam orientação em quem votar e uma "cola" eleitoral com os números dos candidatos favorecidos.

O professor, que não teve o nome divulgado, responderá pelo delito do artigo 299 do Código Eleitoral e pode pegar até 4 anos de prisão, além de receber multa.

A Polícia Federal informou que vai continuar as diligências dessa investigação e também o monitoramento de crimes envolvendo as eleições 2018.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade