Publicidade

Correio Braziliense

PP declara neutralidade no segundo turno da eleição presidencial

No 1° turno, o partido, que faz parte do chamado Centrão, tinha Ana Amélia como vice na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB)


postado em 09/10/2018 11:18 / atualizado em 09/10/2018 12:29

Ciro Nogueira, presidente do PP(foto: Edilson Rodrigues/Agencia Senado)
Ciro Nogueira, presidente do PP (foto: Edilson Rodrigues/Agencia Senado)
O Partido Progressista (PP) decidiu não apoiar nenhum dos candidatos do segundo turno na eleição presidencial de 2018. Em nota divulgada, nesta terça-feira (9/10), a legenda diz que “adotará uma postura de absoluta isenção e neutralidade”. No primeiro turno, o partido, que faz parte do chamado Centrão, tinha Ana Amélia como vice na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB).

O PP diz que, no contexto das eleições presidenciais, o eleitor claramente enviou um recado ao país: “Quer tomar sua decisão sem que qualquer outro aspecto, que não os candidatos, sejam levados em consideração como critério de escolha. Isso significa que o eleitor quer o silêncio e o palco vazio de qualquer ruído ou informação que interfira na sua reflexão sobre qual candidato escolher".
  
O texto é assinado pelo presidente da legenda, Ciro Nogueira, e afirma ainda que o partido se faz convicto de que essa é a melhor contribuição que pode oferecer ao debate, "em que os cidadãos e cidadãs demonstraram querer se ater a um olhar aos projetos e às personas dos candidatos, deixando todas as demais variáveis em segundo plano", afirma.

 
Novo e PSol já se posicionaram 

O PP é o terceiro a se manifestar oficialmente sobre como se poisiconará no segundo turno. Mais cedo, o Partido Novo declarou que não apoiará nem Jair Bolsonaro nem Fernando Haddad (PT). Na segunda-feira (8/10), o PSol, que lançou Guilherme Boulos a presidente, anunciou apoio a Haddad. A expectativa é de que PSB, PSDB, Rede, DC e PPL anunciem, nesta terça-feira (9/10), as decisões sobre apoio no pleito.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade