Publicidade

Correio Braziliense

Em Israel, Bolsonaro ganha de Haddad com 77,27% dos votos válidos

Ao todo, 539 brasileiros votaram em Tel Aviv e extratos dar urnas mostram vantagem do candidato do PSL sobre Haddad. Resultado ainda não é oficial


postado em 28/10/2018 13:03 / atualizado em 28/10/2018 13:55

Eleitores fazem fila para votar em israel(foto: Pedro Henrique Moreira/cedida para o Correio)
Eleitores fazem fila para votar em israel (foto: Pedro Henrique Moreira/cedida para o Correio)

A votação em segundo turno para presidente do Brasil já terminou em Tel Aviv, capital de Israel, neste domingo (28/10). Na cidade, há nove seções eleitorais agrupadas em três urnas eletrônicas e conta com 2.095 eleitores cadastrados.

 

O Correio teve acesso aos extratos das urnas. O resultado, ainda não confirmado oficialmente pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mostra vitória de Jair Bolsonaro (PSL), com 391 votos (77,27% dos válidos). Fernando Haddad (PT) recebeu 115 votos (22,73%).

Dezoito pessoas optaram por votar em branco e 15 eleitores anularam. O total de comparecimento foi de 539 votantes. Houve 506 votos válidos.

 

(foto: Pedro Henrique Moreira/cedida para o Correio)
(foto: Pedro Henrique Moreira/cedida para o Correio)

Embaixada

Uma das propostas de política externa de Jair Bolsonaro é a transferência da embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. Tal medida foi tomada pelo presidente norte-americano por Donald Trump em 2017.

 

Iniciativa, no entanto, é alvo de críticas. Em carta à campanha do candidado do PSL, o consultor de assuntos internacionais Rubens Barbosa, ex-embaixador em Washington, alertou que a proposta de transferência da embaixada desagradaria aos países muçulmanos que compram carne brasileira. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade