Publicidade

Correio Braziliense

Eleitores brasileiros na Ásia e Oceania são os primeiros a votar

Às 15h, urnas de 72 países já haviam encerrado as votações. Divulgação dos resultados começa a ser divulgada a partir das 19h.


postado em 28/10/2018 18:08

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

Os primeiros eleitores a votar fora do país, neste segundo turno, foram os brasileiros que moram na que moram na Oceania e na Ásia. Às 15 horas, as urnas já estavam fechadas em 72 países, a exemplo Nova Zelândia, Austrália, Japão, Coreia do Sul, China, Taiwan, Malásia, Índia, Nepal, Emirados Árabes, Arábia Saudita, Israel, Palestina e Rússia. Mas a apuração no exterior só começa a ser divulgada a partir das 19h de Brasília, quando chega ao fim a votação no Acre, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (Acre). 

Segundo o TSE, 500.727 eleitores brasileiros residentes no exterior estão aptos a votar em 171 localidades eleitorais de 99 países para eleger o presidente da República. Nas eleições de 2014, 354,2 mil eleitores estavam aptos para votar fora do Brasil. Isso significa que houve um aumento de 41,38% no eleitorado do exterior na comparação com as últimas eleições. Estados Unidos, Japão e Portugal concentram mais da metade (51,9%) dos brasileiros aptos a votar no exterior nas eleições deste ano. Esses eleitores podem votar apenas para presidente. Apenas 13 países têm mais de 5 mil eleitores cadastrados e reúnem 86,5% do eleitorado inscrito no exterior.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade