Publicidade

Correio Braziliense

Comandante Moisés surfa na onda pró-Bolsonaro e é eleito governador de SC

Candidato do PSL apostou na renovação política e no apoio do capitão reformado para garantir a eleição ao governo estadual


postado em 28/10/2018 18:45 / atualizado em 28/10/2018 19:07

(foto: Assessoria PSL/SC/Divulgação)
(foto: Assessoria PSL/SC/Divulgação)

Comandante Moisés (PSL) é eleito o novo governador de Santa Catarina (SC), com 71,09% dos votos válidos (2.126.903 milhões), contra 865.110 mil dos votos (28,91% dos votos) de Gelson Merísio (PSD), com 80,05% das urnas apuradas. A campanha do governador eleito foi reforçada pelo efeito Jair Bolsonaro (PSL), no maior reduto do capitão reformado do país no primeiro turno (Bolsonaro obteve 65,82% dos votos em Santa Catarina naquela disputa).

Moisés, que é ex-bombeiro, foi o primeiro governador do PSL a ser matematicamente eleito ainda com as urnas sendo apuradas, tendo estreado na política neste ano, sendo impulsionado pela onda do capitão reformado. A vice será a advogada Daniela Reinehr. É o primeiro candidato do PSL a ser considerado matematicamente eleito. 
 
 
 
Um dos pontos polêmicos da disputa foi a declaração de neutralidade no apoio aos candidatos, por parte de Bolsonaro, em um primeiro momento. Posteriormente, o capitão reformado afirmou apoiar Moisés. O comandante é coronel da reserva do Corpo de Bombeiros, concorrendo, pela primeira vez, ao governo local. Gelson Merísio, derrotado, é figura pública já conhecida pelo catarinense. Foi eleito como vereador de Xanxerê em 1989 e é um administrador de empresas, já tendo sido presidente da Assembleia Constituinte de Santa Catarina entre os anos de 2010 e 2014. 

Em relação às propostas, chamou atenção o plano de governo do ex-bombeiro, que contém apenas cinco páginas, além de propostas vagas, como “combate à corrupção” e à “ineficiência do Estado”. Em relação à saúde, o candidato prometeu valorizar o profissional da área, além de fixar médicos em municípios, até como forma de possibilitar a melhoria da saúde da região, mesma proposta para educação. O que mais chama atenção é economia, que, no plano de governo, foi dividida em três eixos: Indústria, Serviços, Ciência e Tecnologia,  agricultura, pecuária e pesca e Turismo, os quais, de forma geral, apresentam propostas mais específicas e direcionadas. 

Já Gelson Merísio, candidato pelo PSD, que integrou uma ampla coligação partidária, a qual não foi capaz de angariar votos para a sua eleição, possuiu, em seu plano de governo, projetos que viabilizariam e aumentariam a transparência da máquina pública. Na área da saúde, chama a atenção, também, o CONECTA SUS, que tem como objetivo integrar informações sobre o setor de saúde e detalhar os números do setor. Na área de educação, o candidato propôs uma renovação completa curricular, prezando pela diversificação do currículo escolar. 
 
* Estagiário sob supervisão de Anderson Costolli 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade