Publicidade

Correio Braziliense

Boca de urna é o crime eleitoral mais registrado no país

Os dados foram divulgados pelo Centro Nacional do Sistema Único de Segurança Pública


postado em 28/10/2018 19:31 / atualizado em 28/10/2018 19:55

Até às 17h, foram registrados 107 ocorrências por boca de urna(foto: Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press)
Até às 17h, foram registrados 107 ocorrências por boca de urna (foto: Helio Montferre/Esp. CB/D.A Press)
 
O Centro Nacional do Sistema Único de Segurança Pública divulgou dados parciais das ocorrências registradas em todo o país, no segundo turno. Até às 17h, foram registrados 401 crimes eleitorais, sendo 107 por boca de urna.

São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro e Pará são os estados que mais registraram este tipo de contravenção. Dados também apontam 43 ocorrências de propaganda eleitoral irregular.

O número de ocorrências, neste domingo, corresponde a 30,82% dos problemas registrados durante o primeiro turno. Ao todo foram 126 prisões, sendo nove de servidores eleitorais, e 209 procedimentos de Polícia Judiciária, com 40 autos de prisão em flagrante.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade