Publicidade

Correio Braziliense

Temer acredita que governo de Bolsonaro será de "paz e harmonia"

O presidente não sabe quando encontrará seu sucessor, mas avisou que poderá disponibilizar um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para seu traslado


postado em 28/10/2018 21:18 / atualizado em 28/10/2018 21:23

(foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
(foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
O presidente Michel Temer fez um rápido pronunciamento após a divulgação do resultado das eleições presidenciais neste domingo (28/10). Conforme havia adiantado em sua conta no Twitter, o presidente disse que conversou rapidamente com seu sucessor, Jair Bolsonaro, por telefone. Temer acredita que o governo de Bolsonaro será de “paz e harmonia”.

“Tenho absoluta convicção, como pude declarar ao presidente eleito, que ele fará um governo de muita paz e harmonia, que é o que mais o nosso país precisa. Ele agradeceu muito o telefonema e disse que continuará trabalhando pela pacificação”, disse à imprensa no Palácio da Alvorada. A conversa entre os dois foi rápida e nada foi discutido a respeito da transição. Segundo Temer, Bolsonaro estava em um ambiente de muita euforia e seria “indelicado” esticar a conversa.

O presidente, no entanto, disse que a transição começa amanhã (29), no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), que fica a cerca de 5 quilômetros do Palácio do Planalto. “A transição já está praticamente toda formatada. O que foi feito e o que ainda deve ser feito”.

Reforma da Previdência

Temer disse que o governo poderá trabalhar pela aprovação da reforma da Previdência ainda este ano caso Bolsonaro assim o deseje, mas, para isso, não poderão ser feitas muitas alterações no texto atual. “A reforma da Previdência só irá adiante se tiver o apoio do presidente eleito e de sua equipe. Eu acho que se for modificar demais o que está pronto, não dá tempo. Se quisermos avançar na proposta que já está pronta, teremos cerca de dois meses”.

O presidente não sabe quando encontrará seu sucessor, mas avisou que poderá disponibilizar um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para seu traslado. Além disso, Temer ofereceu as instalações da Granja do Torto, residência oficial muito pouco frequentada por ele, para a equipe de Bolsonaro.

Satisfeito com o resultado

Quando estava de saída, Temer foi questionado se o resultado da eleição o havia agradado. Ele respondeu positivamente. “Gostei do resultado, porque foi manifestação da soberania popular. Às vezes é necessário dizer essas obviedades”. 

Ainda em seu pronunciamento, Temer havia exaltado o dia de hoje, quando “o povo exerceu o seu poder”, o que ocorreu, na avaliação do presidente, com “toda tranquilidade, harmonia e soberania”.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade