Publicidade

Correio Braziliense

Disputa presidencial figura entre assuntos mais comentados do twitter

As #ApesardoPToBrasilVaiVencerB17 e #ViraVirouHaddad foram os assuntos mais citados da rede social durante todo o domingo de eleições


postado em 28/10/2018 21:26

(foto: Nelson Almeida/AFP)
(foto: Nelson Almeida/AFP)
Foi grande a comemoração dos eleitores de Jair Bolsonaro. O assunto #ApesardoPToBrasilVaiVencerB17 ficou em primeiro lugar nos trend topics brasileiros no Twitter. Grande parte dos posts se dirigiu aos eleitores de Fernando Haddad e aos políticos do PT. “A vitória é nossa. Valeu Brasil! Lembro que eu me sacrifiquei pessoalmente para tirar a máscara do PT. Denunciei um escândalo gigantesco e paguei caro por isso. Hoje vejo com satisfação que a sociedade acordou. PT nunca mais. Pode comemorar”, tuitou o ex-deputado Roberto Jeffrerson. “Esses hipócritas do PT não admitem nem que perderam! Como são pernósticos”, postou o cantor Roger, ex-Ultraje a Rigor.

 


O humorista Danilo Gentil postou uma foto na conta do Twitter em torno de um caixão escrito PT. O Movimento Brasil Livre também se manifestou pela rede social: “Mais de 57 milhões de brasileiros foram chamados de nazistas, fascistas, racistas, homofóbicos e mais um monte de coisa nos últimos meses, mas não se intimidaram nem pela militância petista e nem pela imprensa e escolheram chutar de vez o partido dos corruptos do poder. Parabéns!”
 
 

 
   
Na maior parte do dia, o assunto mais comentado do Twitter Brasil havia sido o #ViraVirouHaddad, com eleitores justificando o voto no candidato. Muitos postaram fotos com o diploma de graduação, atribuindo a políticas como cotas, ProUni e Fies, o fato de terem conseguido concluir um curso superior.
 
 
 
 
 
Pelo Twitter, o presidente Michel Temer paranbenizou Bolsonaro. “Acabei de parabenizar o presidente eleito @jairbolsonaro pela vitória histórica conquistada hoje. Terminada a eleição, é hora de todos, unidos, continuarmos a trabalhar pelo Brasil”, escreveu.
 
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade