Publicidade

Correio Braziliense

Sérgio Moro se reúne com Bolsonaro nesta quinta-feira no Rio de Janeiro

O magistrado será recebido pelo presidente eleito para definir se aceita ir para o Ministério da Justiça e depois assumir uma cadeira no Supremo


postado em 31/10/2018 12:42 / atualizado em 31/10/2018 15:32

Moro disse que ficou 'honrado' com a lembrança de seu nome para os dois postos(foto: Nelson Almeida/AFP)
Moro disse que ficou 'honrado' com a lembrança de seu nome para os dois postos (foto: Nelson Almeida/AFP)

O juiz Sérgio Moro, da 13° Vara Federal de Curitiba, deve se encontrar com o presidente eleito Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (1/10), para discutir sua eventual nomeação ao Ministério da Justiça e ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O magistrado está com uma passagem comprada e deve partir às 6h30 para o Rio de Janeiro, onde se encontrará com o presidente. Moro quer saber se suas intenções "se alinham" em relação ao ministério com as propostas de Bolsonaro.

Caso Moro aceite a vaga, a Polícia Federal deve voltar para o comando da pasta, pois hoje está subordinada ao Ministério da Segurança Pública. A PF sob o comando do juiz seria uma forma de garantir o andamento da operação Lava-Jato.

Quando a vaga no Supremo, Moro recebeu conselhos de interlocutores a aceitar de pronto. No entanto, a próxima vaga será aberta na Corte apenas em 2020, quando o ministro Celso de Mello se aposenta compulsoriamente. 

A avaliação de interlocutores de Moro é que ao assumir o cargo de ministro, ele pode desgastar sua imagem e enfraquecer o apoio da sociedade e do Judiciário para que ele ocupe uma vaga na Suprema Corte.sp;

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade