Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro confirma Marcos Pontes como ministro da Ciência e Tecnologia

Astronauta foi ao espaço em 2006 e atuou como piloto de aviões de caça na Força Aérea Brasileira


postado em 31/10/2018 11:54 / atualizado em 31/10/2018 13:08

Pontes é o primeiro brasileiro a ir para o espaço (foto: Flávia de Quadros/Divulgação)
Pontes é o primeiro brasileiro a ir para o espaço (foto: Flávia de Quadros/Divulgação)
 

 

O presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou, na manhã desta quarta-feira (31/10), a indicação do Tenente-Coronel Marcos Pontes (PSL) para o Ministério da Ciência e Tecnologia. Em uma postagem em seu perfil no Twitter, Bolsonaro destacou que esse "é o quarto ministro confirmado em seu governo".

 

 

 

Pontes é o primeiro brasileiro a ir ao espaço sideral e já tinha dito, nessa terça-feira (30/10), que aceitou o convite. "Isso vai representar algo muito especial para todo o Brasil. Educação para formar cidadãos qualificados, ciência para se desenvolver ideias e soluções para o Brasil e tecnologia para transformar essas ideias em inovações que viram produtos, empresas e empregos", destacou.

 

Filho de servente de serviços gerais e de uma escriturária, Marcos Pontes, que nasceu em uma família de Baurú-SP, ganhou o respeito da comunidade científica internacional e escreveu seu nome na história ao ir ao espaço a bordo da nave Soyuz, em 2006. Piloto de aviões de caça da Força Aérea Brasileira (FAB), Pontes é mestre em engenharia de sistemas, engenheiro aeronáutico, embaixador das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial e autor de quatro livros, entre eles “O Menino do Espaço” e “Caminhando Com Gagarin”.

 

Estação Espacial Internacional

 

Durante sua ida ao espaço, uma parceria da Agência Espacial Brasileira (AEB) com a Nasa, ele realizou experimentos com nanotecnologia e microgravidade. As experiências, entre outros objetivos, buscam entender como plantas se comportam em um ambiente sem gravidade.

 

Após voltar a Terra, ele percorreu centenas de escolas públicas, particulares e faculdades para motivar jovens a seguir carreiras que envolvem ciência e tecnologia. Atualmente é presidente da fundação que leva seu nome e concede palestras motivacionais. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade