Publicidade

Correio Braziliense

No Twitter, Bolsonaro confirma que abrirá a caixa-preta do BNDES

O capitão da reserva disse que pretende abrir os arquivos dos contratos do BNDES já na primeira semana de sua administração, em janeiro de 2019


postado em 08/11/2018 12:28 / atualizado em 08/11/2018 12:28

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL)(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
 

 

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) reiterou, na manhã desta quinta-feira (8/11), em sua conta pessoal na rede de microblog Twitter, que está determinado a abrir a "caixa preta" do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em sua gestão. "Firmo o compromisso de iniciar o meu mandato determinado a abrir a caixa preta do BNDES e revelar ao povo brasileiro o que é feito com seu dinheiro nos últimos anos. Acredito que este é um anseio de todos. Um forte abraço!"

Na quarta-feira (7/11), em Brasília, onde deu o início oficial dos trabalhos do grupo de transição do governo, o capitão da reserva disse que pretende abrir os arquivos dos contratos do BNDES já na primeira semana de sua administração, em janeiro de 2019.



O BNDES, ao lado da Petrobras, já esteve no alvo de investigações da Polícia Federal (PF). Nas gestões do PT, por exemplo, a instituição financiou empresas de Eike Batista e dos irmãos Joesley e Wesley Batista, além das obras do Porto de Mariel, em Cuba.

Para ter acesso aos dados desses financiamentos, contudo, o presidente eleito terá de quebrar o sigilo que recai sobre boa parte dos contratos. Tal sigilo foi imposto pela ex-presidente Dilma Rousseff, sob alegação de "preservação da privacidade dos atos referentes à gestão bancária".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade