Publicidade

Correio Braziliense

Frota posta vídeo de suspeitos mortos e atribui cena à 'polícia de Witzel'

Alexandre Frota também disse que "a limpeza precisa ser feita". Muitos internautas reagiram e criticaram as opiniões do deputado eleito


postado em 12/11/2018 16:33 / atualizado em 12/11/2018 16:43

(foto: Divulgação/Twitter)
(foto: Divulgação/Twitter)

Ao compartilhar no Twitter um vídeo em que policiais militares do Rio de Janeiro aparecem colocando os corpos de homens mortos a tiros na caçamba de uma viatura, o deputado federal eleito Alexandre Frota (PSL-SP) atribuiu a cena ao fato de que a "Policia Witzel já começa a mostrar sua força", em referência ao governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC).

No vídeo, que circulou pelas redes sociais e acabou postado por Frota, é possível ouvir ainda populares parabenizando e aplaudindo os policiais. Alguns bradam gritos ofensivos aos mortos e saúdam o presidente eleito, Jair Bolsonaro. Frota completou na postagem que coletivos, ONGs de direitos humanos e a Organização das Nações Unidas vão "dar chilique". "Mas a limpeza precisa ser feita", concluiu.



A postagem de Frota causou reações de internautas. Enquanto alguns demonstravam concordar com o deputado eleito, a maioria dos comentários repudiava a leitura do político sobre o ocorrido (veja postagens abaixo).
 

Entenda o caso

O vídeo mostra o resultado de uma perseguição policial a um comboio de carros que levava suspeitos de integrar uma facção criminosa, na última sexta-feira (9/11). Houve troca de tiros e três homens acabaram baleados. 

Dois dos suspeitos feridos, apontados pela polícia como seguranças do traficante Fernandinho Guarabu, morreram no local. São os corpos dos dois que aparecem sendo levados para a viatura, que seguiu para o Instituto Médico Legal (IML) para perícia.


Veja algumas reações de internautas




Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade