Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro diz que nomes de comandantes militares não estão definidos

Segundo ele, as negociações estão em curso e há várias alternativas para os três comandos das Forças Armadas %u2013 Exército, Marinha e Aeronáutica


postado em 16/11/2018 10:55

O presidente eleito Jair Bolsonaro e o comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacellar (foto: Divulgação/Assessoria do presidente eleito )
O presidente eleito Jair Bolsonaro e o comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacellar (foto: Divulgação/Assessoria do presidente eleito )
Após o café da manhã, na manhã desta sexta-feira (16/11), com o comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacellar, no 1º Distrito Naval, no centro do Rio de Janeiro, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse que não há definição por enquanto dos nomes para os três comandos das Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica. Segundo ele, as negociações estão em curso e há várias alternativas.
 
Bolsonaro afirmou que o general Augusto Heleno, designado para o Gabinete de Segurança Institucional, e o general Fernando Azevedo e Silva, que assumirá o Ministério da Defesa, coordenam as conversas com os atuais comandantes para buscar a definição.

Segundo o presidente eleito, há bons nomes de generais 4 estrelas – o oficial mais graduado nas três Forças Armadas.

Em Brasília, na quarta-feira (14/11), Bolsonaro disse que pretende fechar todos os nomes dos novos ministros até o final deste mês. Também reiterou que quer reduzir o número de ministérios de 29 para 15 ou 17, por meio de fusões de pastas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade