Publicidade

Correio Braziliense

'Bolsonaro não é um risco para a democracia', afirma Ciro Gomes

Avaliação foi feita a investidores, segundo revista. Ciro também disse que não pretende fazer oposição raivosa a Bolsonaro


postado em 20/11/2018 13:14 / atualizado em 20/11/2018 13:15

(foto: Mauro Pimentel/AFP)
(foto: Mauro Pimentel/AFP)
 
Ao conversar com investidores, Ciro Gomes (PDT) disse que o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) não representa "um risco para a democracia". Segundo o site da revista Veja, na avaliação do candidato que terminou a corrida presidencial em terceiro lugar, o presidente eleito não tem "vontade" e dar um golpe de Estado e nem haveria meios para tanto "à essa altura do campeonato". 
 
A palestra de Ciro foi feita para um grupo de investidores da XP na semana passada, em São Paulo. No evento, ele também disse que ele e o PDT, "diferentemente dos petistas, não praticarão uma oposição raivosa ao futuro governo". Ciro recebeu 12,50% dos votos válidos no primeiro turno das eleições.  
 
O pedetista não foi o único candidato à Presidência derrotado que se reuniu com investidores depois das eleições. No fim de outubro, Geraldo Alckmin (PSDB) também participou de uma palestra na capital paulista. Na ocasião, o tucano afirmou que faria uma oposição "a favor do Brasil" nos próximos anos. Ele terminou o primeiro turno em quarto lugar, com 4,76% dos votos válidos. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade