Publicidade

Correio Braziliense

TCU realiza fórum sobre políticas públicas para novos governos

O fórum também busca ser uma oportunidade de buscar aproximação com os governadores eleitos e apontar os gargalos a serem enfrentados


postado em 22/11/2018 06:00

(foto: Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press )
(foto: Barbara Cabral/Esp. CB/D.A Press )

 

Com o objetivo de debater alternativas para a efetivação de políticas públicas nas áreas de educação, saúde e segurança pública com os novos governos, o Tribunal de Contas da União (TCU) realiza, hoje e amanhã, o 2º Fórum Nacional de Controle.

O coordenador do evento, ministro Augusto Nardes, ressalta que o fórum busca integrar as instituições de controle externo e interno das esferas municipal, estadual e federal e dos três poderes, além de ser uma oportunidade de buscar aproximação com os governadores eleitos e apontar os gargalos a serem enfrentados. O TCU realizou 500 auditorias em todas as áreas da União e criou um levantamento que mostra as falhas das políticas públicas implementadas, além de indicar correções. Os índices serão apresentados hoje, no primeiro dia do fórum.

“Precisamos analisar as políticas de maneira transversal. Temos R$ 144 bilhões em obras inacabadas. Não há um planejamento integrado entre municípios, estado e União. Precisamos discutir o motivo de a educação ser diferente pelas regiões do país, o porquê de as obras começarem e não terminarem”, afirmou Nardes. “Temos 1.300 UPAs. Desse total, 750 estão inacabadas. Mais de 3 mil creches, boa parte também inacabada. Se não tiver um centro de governo, boa logística e bom sincronismo, vamos continuar começando e não terminando as obras, levando boa parte do dinheiro público para o ralo.”

Entre os convidados, estão o presidente Michel Temer e o vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, além do futuro governador do DF, Ibaneis Rocha. O presidente eleito, Jair Bolsonaro, também foi convidado para o encerramento do evento, mas, até o fechamento desta edição, não havia confirmado presença. Nardes realizará também um curso de capacitação com o primeiro escalão do governo de Ibaneis, em 5 de dezembro.

No último dia 20, o presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro, recebeu uma visita de cortesia de Bolsonaro, que esteve acompanhado dos próximos ministros da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, e do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno.

Durante o encontro, Bolsonaro recebeu publicações do TCU, que podem auxiliar no governo federal em quesitos, como segurança energética e modernização da gestão pública.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade