Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro escolhe generais para cuidar de privatizações e publicidade

Indicados são, respectivamente, Maynard Marques Santa Rosa e Floriano Peixoto Vieira Neto


postado em 27/11/2018 15:15

General Maynard cuidará das privatizações no governo Bolsonaro(foto: Daniel Ferreira/CB/D.A Press - 9/5/07)
General Maynard cuidará das privatizações no governo Bolsonaro (foto: Daniel Ferreira/CB/D.A Press - 9/5/07)
Dois outros generais vão integrar o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro em áreas estratégicas: no programa de privatizações e nos contratos de publicidade do governo. Segundo o advogado Gustavo Bebianno, futuro ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, o general Maynard Marques Santa Rosa será responsável pelo Programa de Parceria de Investimentos (PPI), que centralizará as privatizações e concessões. Já a publicidade do governo estará a cargo do general Floriano Peixoto Vieira Neto.

A confirmação do nome de Santa Rosa para tocar as privatizações foi feita ao jornal Folha de S. Paulo por Bebianno, segundo quem o programa ficará vinculado à secretaria-Geral a ser comandada por ele. General da reserva, o escolhido chefiou o departamento de Pessoal do Exército e foi exonerado pelo então ministro da Defesa, Nelson Jobim, devido a críticas à Comissão da Verdade, grupo criado para apurar abusos e crimes do regime militar.
 
Haiti
 
Já Vieira Neto, que cuidará dos contratos publicitários, também é general de reserva e foi comandante na Missão de Paz liderada pelo Brasil no Haiti. O grupo de ex-integrantes da missão tem sido prestigiado por Bolsonaro. Dele, fazem parte o general de divisão Carlos Alberto dos Santos Cruz, que comandará a Secretaria de Governo; o general Augusto Heleno, futuro chefe do Gabinete de Segurança Institucional; e o general Fernando Azevedo e Silva, que será o ministro da Defesa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade