Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro se reúne com embaixador de Israel pela segunda vez

Israel tem sido o centro de uma polêmica no Brasil após declarações feitas por Bolsonaro de que pretende transferir a embaixada brasileira em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém


postado em 28/11/2018 11:02 / atualizado em 28/11/2018 12:24

(foto: Assessoria de Comunicação Bolsonaro )
(foto: Assessoria de Comunicação Bolsonaro )
 

 

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, recebeu na manhã desta quarta-feira (28/11) a visita no embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelly. O encontro ocorreu na Granja do Torto e durou cerca de meia hora. O assunto discutido na conversa não divulgado. 


Israel tem sido o centro de uma polêmica no Brasil após declarações feitas por Bolsonaro de que pretende transferir a embaixada brasileira em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém.


O episódio tem causado críticas de representantes de países árabes com os quais o Brasil mantêm importantes relações comerciais. Em reação à intenção de mudança de endereço da embaixada, Egito adiou recentemente, sem uma nova data, uma visita oficial que o governo brasileiro faria ao país para tratar de parceria econômica.

O presidente eleito confirmou no final da manhã, em uma postagem no Twitter, ter recebido a visita do embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley. A visita, na Granja do Torto, em Brasília, durou cerca de meia hora e o embaixador saiu sem dar declarações. 

 

"Recebi a ilustre visita do Embaixador de Israel, Yossi Shelley, na companhia do futuro Chanceler, Ernesto Araújo, e do futuro Ministro de Estado Chefe do Gab. de Segurança Institucional, General Heleno. O Brasil tem tudo pra ser uma nação respeitada e admirada no mundo todo", relatou Bolsonaro. 

 

 

Agenda

 

Mais adaptado ao ritmo presidencial, Jair Bolsonaro começa a usar a residência oficial para encontros com aliados e ministros confirmados para seu governo. Ele ofereceu hoje o primeiro café da manhã para tratar de assuntos da transição e definir novos nomes para a equipe que tomará posse no dia 1º de janeiro.

 

Onyx Lorenzoni (Casa Civil), General Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Gustavo Bebbiano (ex-presidente do PSL, partido de Bolsonaro) – e confirmado para a Secretaria Geral da Presidência – juntaram-se aos deputados fluminenses Hélio Lopes e Alana Passos, que vieram com o presidente eleito nesta quarta visita a Brasília desde que foi eleito em segundo turno.

 

No Rio de Janeiro, a futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, usando a estratégia de comunicação adotada pelo marido, publicou em sua conta no Twitter fotos de um dos preferidos desjejuns de Bolsonaro – pão francês com leite condensado – fazendo uma alusão ao café que ocorria no mesmo momento em Brasília.

 

 

 

Da Granja do Torto, Onyx segue para o Planalto para participar do Conselhão. Às 14h, Bolsonaro vai para o gabinete de transição no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), onde ocorre, todas as quartas-feiras, a reunião ministerial do grupo.

 

Com informações da Agência Brasil 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade