Publicidade

Correio Braziliense

Assessor de Trump convida Bolsonaro a ir aos EUA e diz esperar parceria dinâmica

Pelas redes sociais, Bolton e Bolsonaro publicaram relatos e fotos do encontro, que ocorreu na casa de Bolsonaro nesta quinta-feira, (29/11).


postado em 29/11/2018 10:22 / atualizado em 29/11/2018 10:28

general Augusto Heleno (futuro ministro do Gabinete de Segurança Institucional); Jair Bolsonaro; John Bolton; general Fernando Azevedo e Silva (futuro ministro da Defesa) e Ernesto Araújo (futuro ministro das Relações Exteriores)(foto: Reprodução/Twitter )
general Augusto Heleno (futuro ministro do Gabinete de Segurança Institucional); Jair Bolsonaro; John Bolton; general Fernando Azevedo e Silva (futuro ministro da Defesa) e Ernesto Araújo (futuro ministro das Relações Exteriores) (foto: Reprodução/Twitter )
 

 

Após reunião com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), o assessor de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Bolton, repassou um convite do presidente dos EUA, Donald Trump, para que o brasileiro visite o país norte-americano. Pelas redes sociais, Bolton e Bolsonaro publicaram relatos e fotos do encontro, que ocorreu na casa de Bolsonaro nesta quinta-feira, (29/11). 

Pelo Twitter, Bolton classificou a reunião como "ampla e produtiva discussão". "Esperamos para uma parceria dinâmica com o Brasil", afirmou. Já Bolsonaro escreveu que a reunião foi "muito producente e grata".

O encontro foi acompanhado pelos futuros ministros general Fernando Azevedo e Silva (Defesa) e Ernesto Araújo (Relações Exteriores), além do escolhido para o Gabinete de Segurança Institucional e um dos principais assessores de Bolsonaro, general Augusto Heleno.

 

 

 

  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade