Publicidade

Correio Braziliense

Osmar Terra sinaliza que MDB dará apoio às propostas de Jair Bolsonaro

O futuro ministro da Cidadania informou ainda que o organograma da pasta passará pelo aval de Bolsonaro


postado em 04/12/2018 16:04 / atualizado em 04/12/2018 16:06

(foto: Hamilton Ferrari/CB/D.A Press)
(foto: Hamilton Ferrari/CB/D.A Press)
Atrasado com relação a outros prováveis ministérios, a pasta de Cidadania, que será comandada pelo futuro ministro Osmar Terra, ainda não possui nenhum nome anunciado e, o número e o perfil das secretarias ainda não foram definidos. As informações foram prestadas pelo próprio ocupante do posto. Ele também informou que o organograma do ministério passará pelo aval do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). 
 
Há certeza de que a secretaria de economia solidária, do ministério do Trabalho, irá para o comando de Terra, foi anunciada pelo ministro extraordinário Onyx Lorenzoni, ontem. Segundo o Osmar Terra, a estrutura do ministério deve começar a ser discutida a partir desta quarta (04/12). O objetivo é levar o organograma a Bolsonaro ainda esta semana. Caso o planejamento das secretarias seja aprovado, os nomes devem começar a ser divulgados. 
 
“Ele quer ver toda a estrutura, quer que a gente explique como será o funcionamento. Assim, serão anunciados os nomes dos cargos mais altos, e depois, serão escolhidos os demais membros que devem compor o ministério”, explicou. 
 
A única secretaria que já está posta é a que será recebida do atual ministério do Trabalho. Mesmo sendo responsável por uma “questão social importante”, o ministro ressaltou que o departamento possui uma estrutura enxuta. No entanto, a secretaria receberá um novo foco que antes não possuía. “Para nós é importante para a geração de emprego e renda nas comunidades mais pobres”, disse. 
 
Até o momento, o presidente eleito estava se encontrando com as “bancadas temáticas”, no entanto, reuniões com diversos partidos acontecem ao longo desta semana. Hoje, o MDB, partido do atual presidente Michel Temer e do futuro ministro Osmar Terra, se reúnem com o próximo mandatário da República e Onyx Lorenzoni. 
 
“Ele vai expor o que o governo está pensando e deve pedir que se votem com as propostas do governo. Mas acho que o MDB vai dar apoio a todas as propostas que a população votou e o presidente Bolsonaro é um símbolo dessas propostas”, afirmou o próximo membro da Esplanada. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade