Publicidade

Correio Braziliense

Intervenção em Roraima deve começar amanhã e irá até fim do ano

O prazo da medida será até 31 de dezembro


postado em 09/12/2018 12:41 / atualizado em 09/12/2018 14:02

(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
(foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
A intervenção federal no Estado de Roraima passa a valer a partir desta segunda-feira dia 10, quando deve ser publicada no Diário Oficial da União a medida. Depois da publicação, o Congresso tem até 24 horas para aprová-la.

A decisão ocorre por conta da paralisação de agentes penitenciários e da Polícia Militar, além da crise provocada pela imigração de venezuelanos. O prazo da medida será até 31 de dezembro.

O interventor no Estado será Antonio Denarium (PSL), o futuro governador, que assume oficialmente o cargo em janeiro. Ele fica no lugar da atual governadora Suely Campos (PP), que será afastada.

Além dele, serão nomeados dois secretários: o general Eduardo Pazuello, responsável pela operação de acolhimento dos venezuelanos, e o administrador federal do Sistema Penitenciário do Estado, Paulo Rodrigues da Costa. Há uma reunião agendada com o presidente Michel Temer na terça-feira, 11.

Denarium afirmou que sua prioridade será pagar os salários atrasados dos servidores. Segundo ele, há um compromisso do governo federal de sanear as contas do governo de Roraima.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade