Publicidade

Correio Braziliense

Íntegra do discurso de Jair Bolsonaro na cerimônia de diplomação

Presidente eleito exaltou a democracia e agradeceu a Justiça Eleitoral pela realização do processo eleitoral


postado em 10/12/2018 18:20 / atualizado em 10/12/2018 18:52

(foto: Evaristo Sá/AFP)
(foto: Evaristo Sá/AFP)
Em cerimônia no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta segunda-feira (10/12), o presidente eleito Jair Bolsonaro recebeu sua diplomação como presidente República.

Com um discurso sem improvisos e em tom diferente do utilizado no período eleitoral, Bolsonaro exaltou a importância da democracia, agradeceu a Justiça Eleitoral pela realização das eleições e afirmou que governará para todos os brasileiros, "sem distinção de cor, sexo ou religião".
 

Confira o discurso de Bolsonaro na íntegra:

"Em primeiro lugar eu quero agradecer a Deus por estar vivo e também por esta missão à frente do Executivo. Tenho certeza que, ao lado dele, venceremos os obstáculos. Parabenizo aqui a família da Justiça eleitoral pelo excelente trabalho realizado nas eleições de outubro.

A cada um de vocês, integrantes do TSE, dos tribunais regionais eleitorais, das Forças Armadas, mesários, expresso meu muito obrigado e meu reconhecimento por essa demonstração de civismo e amor ao Brasil.

Hoje, eu e meu contemporâneo general Hamilton Mourão recebemos nossos diplomas. Trata-se do reconhecimento de que o povo escolheu seus representantes. Pessoas livres e justas, como determina nossa Constituição. Não poderia estar mais honrado com a consciência demonstrada pelo povo brasileiro. Essa vitória não é só minha. 

O caminho que me trouxe aqui foi longo e nem sempre foi fácil. Durante minha vida pública como militar, vereador e deputado federal sempre me coloquei pela defesa dos valores da família, pelos interesses do Brasil e pela soberania nacional. Orientei a plataforma da minha campanha à Presidência da República pela defesa desses valores. A todos aqueles que me apoiaram e confiaram na minha capacidade o meu muito obrigada.Agradeço com carinho A minha família, minha mãe Olinda, ainda viva com 91 anos, minha esposa Michelle, meus filhos Flavio,Carlos, Eduardo e Renan e minha querida filha Laura. 

Nada disso teria sido possível sem o apoio incondicional de vocês. Agradeço também a todos que acreditaram e estiveram comigo desde o início de minha trajetória. Nos momentos felizes, mas sobretudo nos momentos difíceis. Essa vitória é de todos nós. Agradeço muito especialmente aos mais de 57 milhões de brasileiros que me honraram com seu voto. Aos que não me apoiaram, peço sua confiança para contruirmos juntos um futuro melhor para o nosso país. A partir de 1º de janeiro, serei presidente dos 210 milhões de brasileiros.

Governarei para todos sem distinção de origem social, raça, sexo, cor, idade, ou religião. Com humildade, e tendo fé em Deus para iluminar minhas decisões, me dedicarei ao objetivo que nos une: a construção de um Brasil próspero, justo, e que ocupe o lugar que lhe cabe entre as grandes nações do mundo. Esse é o nosso norte. Esse é o nosso compromisso.

Somos uma das maiores democracias do mudo, 120 milhões de brasileiros compareceram às urnas de forma pacífica e ordeira. Respondemos ao dever cívico do voto. Devemos nos orgulhar dessa conquista. Em um momento de profundas incertezas em várias partes do globo, somos o exemplo de que a transformação pelo voto popular é possível. Esse processo é irreversível. Nosso compromisso com a soberania do voto popular é inquebrantável,  Os desejos de mudança foram expressos de forma clara nas eleilões. A população quer paz e prosperidade. Nossa gente é trabalhadora. Temos todos a esperança de uma vida digna. Gente que não mede esforços para obter o sustento de seus familiares, que  precisa de um governo que garanta condições adequadaas para desenvolver seu potencial. A construção de um nação mais justa e desenvolvida requer a ruptura com práticas que atrasaram nosso progresso. Não mais à corrupção. Não mais à violência, às mentiras e à manipulação ideológica. Não mais submissão do nosso destino a interesses alheios, não mais mediocridade complacente em detrimento do nosso desenvolvimento. Todos conhecemos a pauta histórica: segurança pública, combate ao crime e igualdade de oportunidades com respeito ao mérito e ao esforço individual.

Todos sabemos disso mas não conseguimos ainda oferecer isso à população como dever do Estado.  Nosso dever é transformar os anseios em realidade. 

Nossa obrigação é oferecer um Estado eficiente que faça valer a pena os impostos pagos pelo contribuinte. Nossa obrigadação é dar garantia que os brasileiros regressem bem após um dia de trabalho. Nosso dever é criar condições para que o empreendedor crie empregos e gere renda ao trabalhador. Tenho plena consciência dos desafios que se colocam entre nós. Trabalharei com afinco para que, daqui a quatro anos, possamos olhar para trás com orgulho pelo caminho trilhado em benefício do nosso amado Brasil.

Senhoras e senhores, vivenciamos novo momento. As eleições de outubro revelaram uma realidade distinta das práticas do passado. O poder público não precisa mais de intermediação. As novas tecnologias permitiram uma relação direta entre o eleitor e seus representantes. Nesse novo ambiente, a crença na liberdade é a melhor garantia de respeito aos altos ideais que balizam nossa Constituição. Diferenças são inerentes a uma sociedade múltipla e complexa como a nossa.

Mas há ideiais que nos unem: o amor à pátria e o compromisso da construção de um presente de paz e de futuro mais próspero."

Senhores ministros, senhoras e senhores, que esse trabalho coletivo que garantiu a legitimidade do processo eleitoral seja um exemplo da união em prol do Brasil.Com a união e o engajamento de todos vamos resgatar o orgulho de ser brasileiro e pela nossa bandeira e nosso hino. Temos a certeza de que este país tem como destino a prosperidade e a paz. O Brasil deve estar acima de tudo. Que Deus abençoe o nosso país e a todos nós brasileiros. Meu muito obrigado a todos."


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade