Publicidade

Correio Braziliense

'Não podemos permitir que compre nosso Brasil', diz Bolsonaro sobre China

O presidente eleito apontou que não busca alinhar o Brasil com os Estados Unidos


postado em 12/12/2018 23:30 / atualizado em 12/12/2018 23:34

(foto: AFP / Fernando Souza )
(foto: AFP / Fernando Souza )

 

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) defendeu que o Brasil não pode se deixar ser comprado pela China. Durante discurso apresentado a parlamentares do DEM, ele apontou que não busca alinhar o Brasil com os Estados Unidos e, sim, com todos os "possíveis parceiros do mundo".

 

As declarações estão disponíveis em vídeo publicado pelo deputado federal Francisco Floriano (DEM) no Facebook."Temos China comprando o Brasil. Ninguém está contra a China. Nós vamos continuar a fazer negócios com a China. Agora, não podemos permitir que compre nosso Brasil. Onde estava os Estados Unidos esse tempo todo? Estamos buscando uma aproximação. Ninguém quer aí se alinhar a nenhum país do mundo, mas devemos procurar todos os possíveis parceiros do mundo", disse.

 

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, quer implementar um amplo processo de privatização para vender o maior número de empresas possíveis, incluindo a Eletrobras. Bolsonaro já se manifestou, porém, que ter resistência para negócios de desestatização envolvendo o setor. Os chineses seriam prováveis compradores.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade