Publicidade

Correio Braziliense

Condenado na Lava-Jato, Mendes Júnior pede liberdade após decisão do STF

A petição dos advogados de Mendes Júnior, condenado a 27 anos de prisão, é a primeira a chegar ao tribunal após a decisão do ministro Marco Aurélio


postado em 19/12/2018 16:43 / atualizado em 19/12/2018 16:58

A defesa do ex-executivo Sérgio Mendes Júnior, da empreiteira Mendes Júnior, condenado na Operação Lava-Jato, pediu liberdade há pouco ao Supremo Tribunal Federal (STF).

A petição dos advogados de Mendes Júnio, condenado a 27 anos de prisão, é a primeira a chegar ao tribunal após a decisão do ministro Marco Aurélio que determinou a soltura de todos os presos que tiveram a condenação confirmada pela segunda instância da Justiça.

O próprio ministro vai decidir a questão. Mendes Júnior está preso na Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal, condenado pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Mais cedo, a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também pediu liberdade com base na decisão do ministro, mas à Justiça Federal em Curitiba.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, informou que pretende recorrer ao Supremo para anular a decisão do ministro Marco Aurélio.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade