Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro chega a Brasília para tomar posse sob aplausos e homenagens

Bolsonaro chegou à capital federal na tarde deste sábado para se preparar para a cerimônia de posse presidencial


postado em 29/12/2018 18:06 / atualizado em 29/12/2018 19:56

Trecho de vídeo postado por Bolsonaro após chegar a Brasília(foto: Reprodução/Twitter)
Trecho de vídeo postado por Bolsonaro após chegar a Brasília (foto: Reprodução/Twitter)
O presidente eleito, Jair Bolsonaro, chegou a Brasília na tarde deste sábado (29/12). Ele se prepara para a posse presidencial, que ocorre na terça-feira (1/1), a partir das 14h.

Ao ir para a Granja do Torto, residência oficial e de descanso dos presidentes, o futuro ocupante do Planalto foi ovacionado por aproximadamente 40 motociclistas, que aguardavam o comboio de carros oficiais. O veículo em que estava Bolsonaro chegou a parar para que ele agradecesse as manifestações positivas.

Empresários da cidade também decidiram prestar homenagens a Bolsonaro. Eduardo, um dos filhos do presidente eleito, filmou um outdoor eletrônico que dava boas vindas ao capitão reformado. O vídeo também foi compartilhado pelo próprio Bolsonaro via Twitter.
 


Alfaiate e barbeiro

Bolsonaro deixou o Rio de Janeiro em um avião que saiu da Base Aérea do Galeão, na zona norte do Rio por volta das 15h. Ele passou a manhã em sua casa na Barra da Tijuca, bairro da zona oeste, até pouco antes das 14h. 

Na saída do comboio do presidente, houve um pequeno tumulto, quando Bolsonaro decidiu cumprimentar admiradores que o aguardavam na entrada do condomínio. O presidente eleito acenou para os presentes, com parte do corpo para fora do automóvel em que viajava, e um agente da equipe de segurança do presidente interferiu para impedir a aproximação de integrantes da imprensa e de fãs que tentavam alcançá-lo.

Já em clima de preparativos, Bolsonaro recebeu alfaiate e cabeleireiro em sua casa, no início da manhã. Segundo assessores próximos ao presidente, ele ainda não tem agenda pública prevista para os próximos dias, exceto pela cerimônia de posse, no Palácio do Planalto. A solenidade deve ser marcada por forte esquema de segurança, com interdição da Esplanada dos Ministérios e proibição de uso de drones. Com informações da Agência Estado.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade