Publicidade

Correio Braziliense

Cerca de 100 pessoas aguardam saída de comitiva da Granja do Torto para a posse

Há simpatizantes de Jair Bolsonaro de diversos Estados do Brasil


postado em 01/01/2019 14:11 / atualizado em 01/01/2019 14:45

Pessoas na saída da Granja do Torto para ver Jair Bolsonaro a caminho da posse presidencial(foto: Ingrid Soares/CB/DA Press)
Pessoas na saída da Granja do Torto para ver Jair Bolsonaro a caminho da posse presidencial (foto: Ingrid Soares/CB/DA Press)
Cerca de 100 pessoas aguardam a saída da comitiva presidencial da Granja do Torto para a cerimônia de posse de Jair Bolsonaro como presidente da República. A cada carro que passa com o vidro fumê, o público originado de diversos Estados do País especula que autoridade estaria do lado de dentro do automóvel.

 

Foi puxado um grito de apoio ao futuro Ministro da Justiça, Sérgio Moro, sem notícia de que ele estivesse no local. Em clima de celebração, até a chegada dos batedores da Polícia Rodoviária Federal (PRF) rendeu aplausos.

"Eu fui militar, do Exército, do tempo do governo militar. Isso aqui é a alegria de uma nação dominada pela corrupção. É um manifesto pelo resgate da nação", disse o pastor Lourival Antonio, que nasceu em Caruaru (PE) e mora em Vitória. Com a bandeira nacional amarrada no pescoço, ele disse que eleição de Bolsonaro foi uma batalha divina. "Uma coisa que me despertou é que foi uma guerra. Percebemos que era céu contra o inferno. As trevas contra a luz", disse. 

 

Foi puxado um grito de apoio ao futuro Ministro da Justiça, Sérgio Moro, sem notícia de que ele estivesse no local. Em clima de celebração, até a chegada dos batedores da Polícia Rodoviária Federal (PRF) rendeu aplausos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade