Publicidade

Correio Braziliense

Passagem de autoridades interrompe saída do público na Esplanada

Apoiadores de Bolsonaro reclamam do caos para deixar o cenário da posse


postado em 01/01/2019 18:45 / atualizado em 01/01/2019 19:59

A ida das autoridades e comitivas que acompanharam a cerimônia de posse do presidente Jair Bolsonaro do Palácio do Planalto para o Ministério de Relações Exteriores gerou confusão entre o público que acompanhou o evento nesta terça-feira, 1. Com a passagem dos veículos de um lado para o outro da Esplanada dos Ministérios, foram interrompidas todas as passagens usadas para a saída do público, o que gerou reclamação e protesto dos apoiadores de Bolsonaro.

Com a interrupção do fluxo de pedestres, o público passou a reclamar e alguns ameaçavam pular as grades que organizam a área destinada ao público. Por alto-falantes, militares informavam que saída será aberta "quando possível" e tentavam acalmar os ânimos. Impaciente, o público vaiava e xingava soldados do Exército.

Entre o público, há muitos idosos e crianças. E, com o sol do fim da tarde, alguns passaram mal e vários sentaram no chão enquanto a multidão aguardava a liberação das saídas para o público.

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência estima que 115 mil pessoas acompanharam a cerimônia de posse de Bolsonaro na Esplanada dos Ministérios e na Praça dos Três Poderes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade