Publicidade

Correio Braziliense

Ao deixar cargo, Eliseu Padilha elogia transição do governo

O ex-ministro também desejou sorte ao novo chefe da pasta, Onyx Lorenzoni


postado em 02/01/2019 10:28 / atualizado em 02/01/2019 10:53

(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
 
 
Ao deixar o cargo de ministro da Casa Civil, nesta quarta-feira (2/1), Eliseu Padilha elogiou a transição dos governos Michel Temer e Jair Bolsonaro.  “Em determinado momento não se sabia quem estava saindo e estava entrando”, disse Padilha ao transmitir o cargo para Onyx Lorenzoni.

“Desejo ao ministro Onyx toda a sorte, mais sorte do que tivemos, pois há uma expectativa enorme em relação ao novo governo”, afirmou Padilha. Onyx, por sua vez, também fez referência a Padilha. “Quero fazer justiça a todos a equipe do Planalto pela correção que tiveram ao longo de todo esse processo". 

Num tom messiânico, acrescentou que “muitos são chamados, poucos escolhidos”. “O presidente Jair Bolsonaro foi chamado por Deus e escolhido pelo povo.” Por fim, falou que o governo não pode errar. “Vamos fazer desse país uma grande nação. Isso começou de um sonho de alguém disse que era um mito, Jair Messias Bolsonaro”

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade