Publicidade

Correio Braziliense

Torquato Jardim pede mais atenção às vítimas de violência doméstica

Torquato Jardim fez um breve balanço das atividades do Ministério da Justiça e das ações para o combate à corrupção e proteção jurídica no país durante a solenidade de entrega do cargo


postado em 02/01/2019 11:20

(foto: Wallace Martins/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Wallace Martins/Esp. CB/D.A Press)
 
O ex-ministro da Justiça Torquato Jardim ressaltou nesta quarta-feira (2/1) que é necessário ampliar a assistência e atenção às vítimas de violência doméstica. A afirmação ocorreu durante a cerimônia de transmissão de cargo para seu sucessor, Sergio Moro, no Ministério da Justiça. “De 12 mil [que precisam ser assistidas], apenas 445 são atendidas”, afirmou.

Torquato Jardim fez um breve balanço das atividades do Ministério da Justiça e das ações para o combate à corrupção e proteção jurídica no país.

Na cerimônia de transmissão de cargo estavam o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, além do ex-ministro Raul Jungmann (Segurança Pública) e autoridades de distintos setores.

Ao assumir hoje (2) o Ministério da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro comandará uma estrutura ampliada da área incluindo mecanismos de combate à corrupção e violência.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade