Publicidade

Correio Braziliense

Decreto que flexibiliza posse de arma fica para a próxima semana, diz Onyx

Segundo o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, o decreto presidencial que altera regras para possuir uma arma de fogo deve ser publicado na segunda ou na terça-feira


postado em 11/01/2019 12:41 / atualizado em 11/01/2019 13:21

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, sinalizou nesta sexta-feira (11/1) que o decreto presidencial que flexibiliza a posse de armas de fogo será publicado na próxima semana.

Questionado por jornalistas, Onyx disse que o decreto deve ser publicado "segunda ou terça" da próxima semana no Diário Oficial da UniãoA medida vai autorizar a posse de arma de fogo para brasileiros com mais de 25 anos que se enquadre em algumas regras.

Havia a expectativa de que o decreto fosse assinado já nesta sexta-feira (11/1), segundo informação dada pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), após se reunir com o presidente Jair Bolsonaro, na quinta-feira.

Critérios

O texto preliminar prevê o aumento do prazo para renovação da autorização de posse de cinco para 10 anos; restringe a medida para moradores de "cidades violentas" (com mais de 10 homicídios por 100 mil habitantes), de áreas rurais e para servidores públicos que exercem funções com poder de polícia, além de proprietários de estabelecimentos comerciais.

Em todos os casos, a determinação é que a pessoa interessada tenha ao menos 25 anos, demonstre capacidade técnica para manusear o armamento, faça uma avaliação psicológica e obedeça a outras exigências presentes no texto que ainda será divulgado. Para cidadãos que vivam em residências com crianças, adolescentes ou pessoas com deficiência mental, a nova legislação criará a obrigação de que o responsável pela arma tenha um cofre para guardá-la.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade