Publicidade

Correio Braziliense

Bolsonaro cobra da PF explicações sobre facada que sofreu em Juiz de Fora

O presidente Jair Bolsonaro disse que espera da Polícia Federal, "nas próximas semanas", a informação de quem "determinou" o atentado cometido por Adélio Bispo de Oliveira


postado em 10/02/2019 15:38 / atualizado em 10/02/2019 15:39

(foto: Reprodução/Instagram)
(foto: Reprodução/Instagram)
Em vídeo postado nas redes sociais neste domingo (10/2), o presidente Jair Bolsonaro cobrou da Polícia Federal explicações sobre o atentado a faca que sofreu em Juiz de Fora (MG), em setembro passado, durante a campanha presidencial. O autor da facada, Adélio Bispo de Oliveira, foi preso logo após o ataque, mas Bolsonaro acredita que ele agiu a mando de terceiros.

 

Após dizer que admira e tem orgulho da Polícia Federal, Bolsonaro afirma no vídeo que espera por explicações "nas próximas semanas". "Esse crime, esse ato terrorista, praticado por um ex-integrante do PSol, não pode ficar impune", afirma. E acrescenta: "Espero que a polícia mostre, com dados concretos, quem foi ou quem foram os responsáveis por determinar que o Adélio praticasse aquele crime lá em Juiz de Fora, em setembro passado".

Um bom domingo a todos! %uD83C%uDDE7%uD83C%uDDF7%uD83D%uDC4D%uD83C%uDFFB

Uma publicação compartilhada por Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro) em

 

No começo do vídeo, Bolsonaro agradece os médicos do Hospital Albert Einstein, onde se recupera da cirurgia de retirada de uma bolsa de colostomia, e dos médicos que o atenderam emergencialmente na Santa Casa de Juiz de Froa. Depois, promete melhorar o atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS). "Pouca gente pode ter um tratamento como esse (que estou recebendo), mas sabemos que o SUS pode melhorar muito e vamos trabalhar para isso."


Recuperação

Bolsonaro fez nova caminhada neste domingo, pelos corredores do hospital Albert Einstein, onde está internado desde 28 de janeiro. Segundo a assessoria de imprensa do governo, o presidente segue recomendação de aumentar a duração das caminhadas e, desde ontem, realiza cinco voltas nos corredores, em passo mais firme e rápido.

Ainda segundo a assessoria de imprensa, Bolsonaro continua em alimentação cremosa. A informação preliminar é que o presidente não receberá visitas de autoridades hoje. Estão com ele no quarto a primeira-dama, Michele Bolsonaro, e o filho Carlos Bolsonaro. O boletim médico com as atualizações sobre a saúde do presidente deve ser divulgado às 17h.

O presidente comemorou ainda, em seu Twitter, dados melhores de confiança da indústria e do comércio. Segundo ele, "com as implementações dos estudos da Secretaria Geral Adjunta de Desburocratização, Gestão e Governo Digital ligada ao Ministério da Economia, tudo vai melhorar muito mais". Com informações da Agência Estado

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade