Publicidade

Correio Braziliense

Onyx e Bolsonaro se reúnem e conversam sobre reforma da Previdência

Encontro ocorreu no Palácio da Alvorada nesta terça-feira de carnaval


postado em 05/03/2019 12:22 / atualizado em 05/03/2019 13:35

(foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)
(foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)
Às vésperas da instalação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, que terá como primeira discussão a reforma da Previdência, o governo federal se prepara para intensificar as negociações para aprovação do texto enviado ao Congresso no último dia 20. Em plena terça-feira de carnaval (5/3), o assunto voltou a ser tratado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, reuniu-se com o presidente hoje (5), no Palácio da Alvorada. "Estamos seguros com a nova reforma da Previdência. Virão ajustes que o parlamento deverá fazer", disse Onyx.

A reforma é defendida por Bolsonaro e está entre as principais metas estabelecidas para os 100 primeiros dias de governo. O presidente usou a rede social nesta manhã (5) também para defender a mudança da legislação previdenciária.

Ao comemorar o superavit primário de R$ 30,238 bilhões registrado em janeiro, Bolsonaro afirmou que o Brasil está retomando a trajetória de crescimento e defendeu as reformas como forma de impulsionar a economia do país com atração de novos investimentos.

Reunião ministerial

 O encontro com Onyx também serviu para definir a agenda dos próximos dias. O presidente Jair Bolsonaro retoma as atividades a partir das 14h de amanhã (6) em uma semana encurtada pelo carnaval. A reunião com seus  ministros que tem sido realizada semanalmente só ocorrerá em 14 de março.

Segundo Onyx, o primeiro escalão se debruçará sobre modelos de governança pública. “Será uma apresentação do Tribunal de Contas da União sobre os melhores padrões de governança”, disse o ministro.

Bolsonaro descansa com a família durante o feriado, otimista com o encaminhamento da proposta elaborada pelo governo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade