Publicidade

Correio Braziliense

Imprensa é essencial para que 'chama da democracia não se apague', diz Bolsonaro

Na curta fala, de menos de seis minutos, em evento do Dia do Exército, o presidente relembrou a formação dele no Exército nos anos 1970, período que classificou como 'momento conturbado de nossa nação'


postado em 18/04/2019 12:47 / atualizado em 18/04/2019 12:48

Bolsonaro na solenidade em comemoração dos 371 anos do Exército Brasileiro, no Quartel-General do Ibirapuera, em São Paulo(foto: Miguel Schincariol/AFP)
Bolsonaro na solenidade em comemoração dos 371 anos do Exército Brasileiro, no Quartel-General do Ibirapuera, em São Paulo (foto: Miguel Schincariol/AFP)
 

 

O presidente Jair Bolsonaro disse, na manhã desta quinta-feira (18/4), na cerimônia de comemoração do Dia do Exército, em São Paulo, que a imprensa é essencial para a democracia - e sinalizou que quer uma relação mais amistosa com jornalistas.

"Em que pese alguns percalços entre nós, precisamos de vocês (profissionais da imprensa) para que a chama da democracia não se apague", afirmou Bolsonaro em São Paulo, no Comando Militar do Sudeste. O presidente disse ainda que espera que "pequenas diferenças fiquem para trás".

Na curta fala, de menos de seis minutos, o presidente relembrou a formação dele no Exército nos anos 1970, período que classificou como "momento conturbado de nossa nação". Ele voltou a dizer também que o Exército "sempre esteve ao lado da vontade popular".

Bolsonaro agradeceu ainda o empenho do prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), agraciado com medalha no evento, para a construção do colégio militar na cidade.

 

Bolsonaro ainda destacou a necessidade de união para o desenvolvimento do país. “Tenho certeza que, sozinho, não chegarei a lugar algum. Precisamos de todos vocês, civis e militares, ao lado do Brasil, para colocá-lo realmente no lugar que ele merece”.

 

Colégio militar

O presidente elogiou o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, presente na cerimônia, pela “construção do maior colégio militar do Brasil, no Campo de Marte”. “Nós faremos todo o possível para que, em cada capital de estado, onde, porventura, não exista colégio militar, nós construiremos lá também”, acrescentou.

 

Bolsonaro também elogiou “as escolas militarizadas no estado do Amazonas e Goiás que estão dando um exemplo enorme de como se faz educação de verdade sem desmerecer as demais boas escolas particulares e públicas que temos no Brasil”.

 

O Dia do Exército é celebrado em 19 de abril em alusão à Batalha dos Guararapes, quando brancos, negros e índios defenderam a pátria contra invasores holandeses em Pernambuco, no ano de 1648.  

 

Com Agência Brasil 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade