Publicidade

Correio Braziliense

Rodrigo Maia recebe lideranças para debater continuidade da Previdência

Objetivo da reunião é detalhar os números que estavam sob sigilo durante a votação na CCJ


postado em 25/04/2019 10:03

(foto: Tânia Rêgo/Agência Brasília)
(foto: Tânia Rêgo/Agência Brasília)
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebe hoje pela manhã líderes de partidos na câmara para debater os próximos passos da tramitação da reforma da Previdência. O texto foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) - que avalia a constitucionalidade da peça — na terça-feira (23/4) na Câmara. A reunião ocorre na Residência Oficial da Presidência da Câmara.

O principal objetivo desta reunião é apresentar aos partidos os números que envolvem a reforma previdenciária que estavam sob sigilo, segundo líderes. De acordo com o Carlos Sampaio, líder do PSBD na Câmara, será importante para o país a “transparência” dos dados que serão apresentados hoje. “Todos os temas que tem a ver com a Previdência que terão transparência hoje são preocupação do partido”, disse.

O Benefício de Prestação Continuada e a Previdência rural ainda são pontos que devem ser debatidos pelos líderes. Contudo, Sampaio entende que não haverá resistência do governo nesses pontos. “O BPC, realmente, o impacto fiscal é nenhum. E, quanto à previdência rural, aprovada a MP que põe fim às fraudes, não teria sentido incluir-se na reforma”, afirmou. Sampaio informou que vários nomes do partido foram sondados para assumir a relatoria da comissão especial na Câmara, mas não há definição oficial. 

A deputada Joice Hasselmann (PSL), líder do governo no Congresso, afirmou que “tudo já está definido”. Segundo ela, Maia deve informar os nomes da relatoria e da presidência da comissão ainda hoje. “Vamos deixar ele falar os nomes”, informou. 

Joice garantiu que os dados em sigilo, na verdade, não estavam em sigilo. “Os dados nunca foram dados secretos. O qur os líderes estão pedindo é o esmiuçar disso”, reforçou. 

Marcel Van Hattem, líder do Partido Novo na Câmara, também veio para a reunião. Ele garantiu que o Novo terá dois membros titulares na comissão e outros dois suplentes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade