Publicidade

Correio Braziliense

Deputado se oferece para falar com Bolsonaro: 'Com doido, só outro doido'

Durante sessão na Câmara dos Deputados, Pastor Sargento Isidório (Avante/BA) criticou o decreto de armas e se ofereceu para debater o tema com o presidente


postado em 22/05/2019 11:22 / atualizado em 22/05/2019 11:24

O deputado Pastor Sargento Isidório, do Avante-BA (foto: Claudio Andrade/Câmara dos Deputados )
O deputado Pastor Sargento Isidório, do Avante-BA (foto: Claudio Andrade/Câmara dos Deputados )
Durante sessão no Plenário da Câmara dos Deputados, de terça-feira (21/5), o deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante/BA) criticou o que chamou de "desajustes que estão acontecendo nesta nação", referindo-se ao decreto de armas assinado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

O parlamentar sugeriu, então, uma interlocução de uma comissão da Casa ou de um deputado para conversar com o chefe do Palácio do Planalto "em busca da paz". "E pelo perfil dele (Bolsonaro), me sinto preparado pra ir, se for necessário, porque venho da Bahia, sou conhecido como doido e, pra conversar com doido, só outro doido", disse (assista abaixo). A fala de Isidório foi interrompida pelas risadas dos deputados presentes na sessão.

Mudanças

Após muitas críticas de segmentos da sociedade, o presidente publicou, nesta quarta-feira (22/5), várias retificações no chamado Decreto de Armas. Mais de 20 pontos do decreto original foram modificados.
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade